×
Slider

Consaço e Dores nas Pernas Podem Apontar para Doença Arterial Periférica

Sabe quando você começa a caminhar e sente uma dor na perna? Você para de andar e a dor cessa. Você volta a andar e a dor retorna. Bem, isso pode ser apenas uma câimbra, mas é possível que seja um sinal de que uma artéria da perna esteja obstruída e você tenha a doença arterial periférica (DAP).

A doença arterial periférica é caracterizada pela diminuição do fluxo sanguíneo nas artérias, devido a um estreitamento ou oclusão destes vasos, prejudicando a circulação do sangue nos membros inferiores do corpo, como as pernas e os pés. A doença arterial periférica pode provocar diversas complicações, como isquemia crítica, ataque cardíaco, acidente vascular cerebral (AVC) e até risco de necrose do membro afetado.

O acúmulo de placas de gordura, aterosclerose, e a perda de flexibilidade nas paredes dos vasos sanguíneos são as principais causas da obstrução. Os fatores de risco para a doença arterial periférica são: colesterol alto, diabetes, hipertensão, tabagismo, obesidade e sedentarismo.

Para diagnosticar a doença, o médico irá realizar uma avaliação clínica e solicitar a realização de exames, como medida da pressão nos membros, realização de ultrassom com doppler ou angiografia. Na maior parte dos casos a doença arterial periférica passa despercebida. Portanto, se você sentir uma dor na perna ela precisa ser avaliada, você deve procurar um angiologista ou cirurgião vascular.